Postagens Recentes:

UMA LINHA TÊNUE

Em todos os locais de concentração humana, a comunicação está presente de diversas formas e incluem-se os conteúdos culturais, emocionais e afetivos. Num show, shopping, restaurante ou em meio à multidão, basta observar homens e mulheres nas suas atividades para perceber os movimentos, tipos de gestos, comportamentos ou rituais comuns naquele meio.

amizade1Segundo Jung, figuras universais habitam a mente humana e são comuns em qualquer classe social, época ou local do planeta, para esta afirmação ele cunhou o termo “inconsciente coletivo”, arquétipos ancestrais registrados simbolicamente, desconectados da razão e localizados num substrato que oferece entendimento inefável. Exemplo: adulto ou criança do Ocidente ou Oriente, quando perguntado sobre o que é: mãe, herói, morte ou amor oferecerá respostas similares e influenciadas pelas mais de 10 mil gerações até aqui.

Sob esta influência, cada indivíduo desenvolve a sua personalidade e as próprias máscaras. Na linguagem junguiana, denominado ‘persona’; um ‘eu exterior’ que, embora esteja ligado ao interior, pode ser processado apenas no inconsciente.

A personalidade de cada pessoa é moldada a partir de complexas influências das relações entre a consciência, sociedade e capacidade de compreensão das dinâmicas individuais. Algo ‘fabricado’ para esconder, projetar ou apresentar-se ao mundo, algumas vezes incongruente e em outras encaixada na realidade.

Imagine uma pessoa que nunca se ‘encontrou’ com si mesma por desenvolver crenças capazes de tirá-la do caminho mais curto do autoconhecimento. No outro polo, existem pessoas desbravadoras da sua própria constituição psíquica e aptas para romper os mais difíceis obstáculos.

O ser humano, além de estar em contato com os elementos fundamentais da mente, também vive de ambiguidades, tais como as amizades entre os gêneros, porque estão sempre na luz amarela do ‘semáforo’; migram em milésimos de segundos do verde fluorescente para o vermelho intenso, em tese, causados pelos recursos oferecidos nos poucos modelos de relacionamentos, muito embora a diversidade desta espécie esteja composta por mais de oito bilhões de seres.

Códigos e critérios possíveis além da consciência ficam presos nos antiquados formatos e nem mesmo as novas liberdades e novas dinâmicas sociais, apoiadas nas tecnologias, puderam até o momento oferecer uma superação das formalidades criadas desde a paquera até o casamento.

Embora as escolhas pareçam aleatórias, de modo geral, explicações para a importância da motivação e discurso linguístico podem estar baseados na sexualidade. Afim de evitar mal-entendidos, procure compreender os desdobramentos que este tema origina com regularidade, firmado numa lógica de repressão e culpa implantada pelas religiões, culturas e o desconhecimento do assunto.

A própria confusão entre sexo e sexualidade pode ser o epicentro desta obscuridade. Relatos não faltam nas clínicas de psicologia sobre este ponto que desafia a transparência no ‘recinto das privacidades’; o que menos acontece é a entrega completa através da expressão sincera das palavras e desejos.

A influência descrita e os efeitos inibitórios chegam a provocar neuroses, representadas por fobias, conflitos generalizados e desordens comportamentais. Por vezes, deixam a pessoa incapaz de enfrentar situações simples do dia a dia e quando provocam uma aderência maior, chegam a causar transtornos intensos.

Seres inteligentes e falantes passam a vida na espera de aprovação em detrimento à própria felicidade até que, sujeitos aos enigmas da casualidade, passam por processos de ‘amnésia completa‘ e seguem o ‘espaço’ único e acéfalo do seu corpo.

20160731-A3

  • Pensamento de John Lennon

    Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra [...]
  • UMA ATIVIDADE FRUTÍFERA

    As atividades necessárias para detecção de falhas normalmente esbarram nas peculiaridades de defesa psicológica, muitas [...]
  • UM CALDEIRÃO EMOCIONAL

     Complicam os assuntos, tornam difícil o convívio interpessoal, negligenciam a própria saúde, em certas ocasiões munidos de [...]
  • UMA ANÁLISE MINUCIOSA

    O mundo das escolhas é vasto, com muitos caminhos para percorrer e sob tempestades diferentes, acertar o “guarda-chuva” [...]
  • UMA ÁREA DESCOORDENADA

    Ser recebida com respeito e atendimento digno, pode ser o objetivo de quem chega na “quarta idade”, independentemente de [...]
  • UM ESFORÇO DIRIGIDO

    O cérebro está em constante mudança e a ‘ebulição’ das infinitas conexões neuronais produzem o processamento das [...]
  • UM ENCONTRO CASUAL

    Mesmo em festas nas ‘montanhas geladas’, amigos em volta de uma lareira, taças de bebidas alcoólicas abrindo as mentes – [...]
  • UM OLHAR APURADO

    Sem considerar uma indicação de falhas – as pessoas abraçam, ouvem e incentivam os outros, ainda que deixem de corresponder [...]
  • No Picture

    UMA RESPONSABILIDADE COMUM

    Sensação de ter destacado parte do seu corpo, pensamentos abstratos e absurdos começam a circundar sua existência. Essa é [...]
  • UMA CERTA SUAVIDADE

    Fixar objetivos para obter sucesso eliciam desejos, tais como morar num excelente lugar da cidade, ter um carro confortável, [...]
  • UMA PROFUNDA APRECIAÇÃO

    Os seres humanos evoluíram para dar sentido ao ‘mundo’, observam transformações e as ressignificam com o passar do tempo. [...]
  • UM ISOLAMENTO SURREAL

    Quando comparados as outras espécies, os seres sociais possuem vantagens nos processos evolutivos por compartilharem recursos e [...]
  • UMA ESPÉCIE DE LASTRO

    Seres conscientes da subjetividade usam todos os sentidos e empoderam-se de percepções para responder aos estímulos. Nesta [...]
  • UM BOM EXEMPLO

    As pessoas comuns, tanto quanto os pesquisadores, vasculham de certa forma, os limites entre a normalidade e anormalidade. Ficam [...]
  • UMA BOA EXPECTATIVA

    Um vasto silêncio acompanha algumas questões fundamentais da existência, espera-se de as crianças serem agradáveis e [...]
  • UMA AÇÃO SISTÊMICA

    Riqueza das ideias e desafios impulsionam a existência da espécie humana, tem íntima ligação com a liberdade adquirida e [...]
  • UMA DOSE REGULAR

    A expressão ‘meio ambiente’, em tese, sugere a representação fixa da natureza, porém, tudo que se conhece no universo [...]
  • UM NINHO SEGURO

    O envelhecimento é um processo inato, no decorrer do tempo, mudanças hormonais, cognitivas e físicas ocorrem em todos os [...]
  • Quero…

                      Quero, um dia, poder dizer as pessoas que nada foi em vão. Que o [...]
  • Resistência…

                  A resistência da estrutura psíquica, em parte, está relacionada com a forma [...]
  • UM CICLO VIRTUOSO

    A vida cotidiana reserva diversas emoções negativas. Entre elas a raiva, ciúme, medo, vergonha ou arrependimento – visto [...]
  • Convite para viver

      Quando se fala da vida é como atravessar o oceano Atlântico, de ponta a ponta, num caiaque e nem saber [...]
Sobre marcelopelucio (312 artigos)
Possui habilidades comprovadas para encontrar talentos, montar, treinar e organizar equipes. Melhora o clima organizacional das empresas, escolas e organismos nos quais atua. Encontra o sucesso em diversas áreas da atividade humana e detém várias premiações. Sua vida acadêmica conta com quase três décadas de estudos, possui cinco títulos acadêmicos (graduações, especialização e aperfeiçoamento), centenas de cursos dentro e fora do Brasil e participa de Mestrado em Educação. http://www.marcelopelucio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: