Postagens Recentes:

UMA ATITUDE POSITIVA

Cooperação ou competição podem afetar o raciocínio de cada indivíduo. Participar de práticas cooperativistas muitas vezes melhora a interação social. Em situações cotidianas, auxiliar e experimentar as sensações na ‘pele’ do outro facilita entender os sentimentos alheios.

Ao cooperar, uma porta se abre para as estruturas, mecanismos sociais e possibilita mudanças no ambiente. Ainda neste prisma, provoca a chance de alterar alguns comportamentos em diversos grupos.

Atitudes certas elevam o patamar de civilidade enquanto pesquisas mostram evidências destrutivas no estímulo à competitividade entre os estudantes. Sem a competição exacerbada, recompensas surgem até mesmo nos momentos de recursos mais escassos.

Estudantes aliando cooperação nos momentos de aprendizagem, mostram mais prazer nas suas atividades e influenciam seus colegas positivamente, parecem chegar a resultados interessantes por não os verem como adversários a serem superados.

A concorrência prejudica? Nem sempre. Segundo a Teoria da mente, através do espírito cooperativo “os caminhos na mente são abertos”, ficando mais fácil sintetizar os modelos mentais e prever os comportamentos na combinação certa. Aprender esta forma de ‘linguagem social’ composta, em partes, pela comunicação não-verbal desperta habilidades capazes de afastar o palco competitivo e ‘egocêntrico’.

Concorrer é saudável se o foco for conciso e não tornar a disputa maior do que precisa ser. O modelo de buscar ganhos ao invés de tentar não perder, nutre talentos. Representações internas das crenças e regulamentos, quando são coerentes com à realidade externa, facilitam as interpretações e engajamento social.

As modificações das estruturas do pensamento facilitam a aquisição do conhecimento, mas a desconfiança e o ceticismo desenvolvidos no mundo contemporâneo, devido a competitividade da vida moderna, causam ansiedade, prejudicam a autoestima e chegam ao ponto de atrapalhar a marca ancestral da espécie humana: o cooperativismo!

Como conquistar essas capacidades?

Hipoteticamente, nascemos com elas. Os hominídeos descobriram nas estepes africanas e posteriormente em solo europeu as vantagens competitivas de viver em grupos, compartilhar, caçar e formar ‘clãs familiares’ expandidos.

Utilize estratégias de regulação das emoções sem suprimi-las totalmente – isto faz mal a longo tempo. Demonstre segurança e utilize com responsabilidade as suas energias, seja gerente da confiança interna, eleve a motivação com mensagens essencialmente sinceras para flamejar o sentimento de reciprocidade e proporcionar novas conexões. Ser fiel aos outros exige, em primeira instância, fidelidade consigo mesmo.

Utilizar ferramentas assim, apenas para os interesses individuais ou momentâneos, não serão reconhecidos pelos grupos sociais e raramente trarão resultados adequados. Aprimore seu raciocínio indutivo, coopere para produzir efeitos estabilizantes e sensação de proteção contínua.

O esforço dirigido para pessoas e equipes, consiste em focar no respeito – viver bem demanda harmonia interna para atender as próprias necessidades ao mesmo tempo que serve aos outros.

Para iniciar este ‘jogo’ coopere consigo mesmo.


#cooperar #psicologiaavançada #marcelopelucio#competição #cotidiana #interação

#interaçãosocial#civilidade #linguagemsocial #concorrer #conectar#conexões

#esforço

#coopere #sicredi#umaviagempessoal #comportamento

  • Pensamento de John Lennon

    Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra [...]
  • UMA ATIVIDADE FRUTÍFERA

    As atividades necessárias para detecção de falhas normalmente esbarram nas peculiaridades de defesa psicológica, muitas [...]
  • UM CALDEIRÃO EMOCIONAL

     Complicam os assuntos, tornam difícil o convívio interpessoal, negligenciam a própria saúde, em certas ocasiões munidos de [...]
  • UMA ANÁLISE MINUCIOSA

    O mundo das escolhas é vasto, com muitos caminhos para percorrer e sob tempestades diferentes, acertar o “guarda-chuva” [...]
  • UMA ÁREA DESCOORDENADA

    Ser recebida com respeito e atendimento digno, pode ser o objetivo de quem chega na “quarta idade”, independentemente de [...]
  • UM ESFORÇO DIRIGIDO

    O cérebro está em constante mudança e a ‘ebulição’ das infinitas conexões neuronais produzem o processamento das [...]
  • UM ENCONTRO CASUAL

    Mesmo em festas nas ‘montanhas geladas’, amigos em volta de uma lareira, taças de bebidas alcoólicas abrindo as mentes – [...]
  • UM OLHAR APURADO

    Sem considerar uma indicação de falhas – as pessoas abraçam, ouvem e incentivam os outros, ainda que deixem de corresponder [...]
  • No Picture

    UMA RESPONSABILIDADE COMUM

    Sensação de ter destacado parte do seu corpo, pensamentos abstratos e absurdos começam a circundar sua existência. Essa é [...]
  • UMA CERTA SUAVIDADE

    Fixar objetivos para obter sucesso eliciam desejos, tais como morar num excelente lugar da cidade, ter um carro confortável, [...]
  • UMA PROFUNDA APRECIAÇÃO

    Os seres humanos evoluíram para dar sentido ao ‘mundo’, observam transformações e as ressignificam com o passar do tempo. [...]
  • UM ISOLAMENTO SURREAL

    Quando comparados as outras espécies, os seres sociais possuem vantagens nos processos evolutivos por compartilharem recursos e [...]
  • UMA ESPÉCIE DE LASTRO

    Seres conscientes da subjetividade usam todos os sentidos e empoderam-se de percepções para responder aos estímulos. Nesta [...]
  • UM BOM EXEMPLO

    As pessoas comuns, tanto quanto os pesquisadores, vasculham de certa forma, os limites entre a normalidade e anormalidade. Ficam [...]
  • UMA BOA EXPECTATIVA

    Um vasto silêncio acompanha algumas questões fundamentais da existência, espera-se de as crianças serem agradáveis e [...]
  • UMA AÇÃO SISTÊMICA

    Riqueza das ideias e desafios impulsionam a existência da espécie humana, tem íntima ligação com a liberdade adquirida e [...]
  • UMA DOSE REGULAR

    A expressão ‘meio ambiente’, em tese, sugere a representação fixa da natureza, porém, tudo que se conhece no universo [...]
  • UM NINHO SEGURO

    O envelhecimento é um processo inato, no decorrer do tempo, mudanças hormonais, cognitivas e físicas ocorrem em todos os [...]
  • Quero…

                      Quero, um dia, poder dizer as pessoas que nada foi em vão. Que o [...]
  • Resistência…

                  A resistência da estrutura psíquica, em parte, está relacionada com a forma [...]
  • UM CICLO VIRTUOSO

    A vida cotidiana reserva diversas emoções negativas. Entre elas a raiva, ciúme, medo, vergonha ou arrependimento – visto [...]
  • Convite para viver

      Quando se fala da vida é como atravessar o oceano Atlântico, de ponta a ponta, num caiaque e nem saber [...]
Sobre marcelopelucio (312 artigos)
Possui habilidades comprovadas para encontrar talentos, montar, treinar e organizar equipes. Melhora o clima organizacional das empresas, escolas e organismos nos quais atua. Encontra o sucesso em diversas áreas da atividade humana e detém várias premiações. Sua vida acadêmica conta com quase três décadas de estudos, possui cinco títulos acadêmicos (graduações, especialização e aperfeiçoamento), centenas de cursos dentro e fora do Brasil e participa de Mestrado em Educação. http://www.marcelopelucio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: