Postagens Recentes:

UMA GESTÃO IMPORTANTE

A satisfação com a vida, trabalho, relacionamento, como tantos outros é percebido de maneira diferente pelos indivíduos. Compreender as barreiras que surgem em diferentes situações estão no foco da Psicologia, embora seja natural as pessoas relacionarem essa ciência apenas com o atendimento terapêutico aplicado em ambiente clínico. Diferente disto, a atuação ou pesquisas acontece num campo muito mais vasto.

A mente humana está em constante rebeldia frente ao poder ilimitado das emoções e elas se tornam fontes de conflitos internos e interpessoais. As tensões provocadas nas relações — como medo, raiva, alegria ou qualquer outra — em excesso, pode ser considerada um indicador da falta de controle racional nas experiências situacionais. Obstáculos e barreiras ocorrem quando o desequilíbrio acontece, diminuem a capacidade de compreensão mútua e fazem alguns ‘perderem a cabeça’.

A resiliência representada pela capacidade de resistir às paixões e não sucumbir em cada ‘sugestão emocional’ direta ou não, em tese, proporciona o bem-estar interno em qualquer idade. Desde o nascimento, quando o bebê com fome tem o alento suficiente para resistir à fome até que as mamas de sua mãe estejam acessíveis – ou quando jovem adulto recebe os primeiros salários, ao invés de ficar impulsionado para comprar coisas, planeja a utilização do pequeno capital conquistado, demonstra uma característica importante da razão, sem conexão necessária com o conhecimento formal e conhecida pelo nome de sabedoria.

A gestão razoável das emoções pode ser conquistada com o controle situacional. Esta característica eminentemente humana de gerir os comportamentos frente às adversidades, funciona como facilitadora para os relacionamentos; no outro polo, a frieza nos mais diversos papeis sociais, inclusive na comunicação empresarial, desagrada. Isso significa que a explosão emocional nem sempre é apenas prejudicial, quando acontece com brevidade, contem conteúdos realísticos e não provoca insultos mútuos entre os interlocutores, sobretudo, em público.

Demonstrar indiferença, isto sim, é inaceitável, porque destrói a chance de entendimento. Uma música, piada bem contada ou oferecer sorrisos sinceros elevam o humor.

O assunto acerca do controle das emoções nunca foi uma característica única da sociedade moderna e sempre existiu na história humana, também não está restrito ao campo dos estudos psicológicos. Os pesquisadores, com todos os anos de trabalho, sabem que as reações aos eventos da vida são inerentes aos seres vivos e estão longe de serem controladas. No entanto, uma regra conhecida e necessária para a harmonização da mente está contida na capacidade de regulação racional.

A concentração necessária para o desempenho das atividades corriqueiras fica deteriorada quando, em determinado período da vida, a intensidade das emoções pressiona negativamente partes dos sistemas internos, sem controle; provoca baixas na imunidade e, por consequência, se transforma em doenças ou transtornos psíquicos.

Regular as emoções é uma arte que os psicólogos procuram trabalhar e divulgar. Destina-se a provocar melhorias na qualidade de vida, atenuar o sofrimento, amplificar o altruísmo e disparar sentimentos de compaixão.20161111-a3

  • Pensamento de John Lennon

    Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra [...]
  • UMA ATIVIDADE FRUTÍFERA

    As atividades necessárias para detecção de falhas normalmente esbarram nas peculiaridades de defesa psicológica, muitas [...]
  • UM CALDEIRÃO EMOCIONAL

     Complicam os assuntos, tornam difícil o convívio interpessoal, negligenciam a própria saúde, em certas ocasiões munidos de [...]
  • UMA ANÁLISE MINUCIOSA

    O mundo das escolhas é vasto, com muitos caminhos para percorrer e sob tempestades diferentes, acertar o “guarda-chuva” [...]
  • UMA ÁREA DESCOORDENADA

    Ser recebida com respeito e atendimento digno, pode ser o objetivo de quem chega na “quarta idade”, independentemente de [...]
  • UM ESFORÇO DIRIGIDO

    O cérebro está em constante mudança e a ‘ebulição’ das infinitas conexões neuronais produzem o processamento das [...]
  • UM ENCONTRO CASUAL

    Mesmo em festas nas ‘montanhas geladas’, amigos em volta de uma lareira, taças de bebidas alcoólicas abrindo as mentes – [...]
  • UM OLHAR APURADO

    Sem considerar uma indicação de falhas – as pessoas abraçam, ouvem e incentivam os outros, ainda que deixem de corresponder [...]
  • No Picture

    UMA RESPONSABILIDADE COMUM

    Sensação de ter destacado parte do seu corpo, pensamentos abstratos e absurdos começam a circundar sua existência. Essa é [...]
  • UMA CERTA SUAVIDADE

    Fixar objetivos para obter sucesso eliciam desejos, tais como morar num excelente lugar da cidade, ter um carro confortável, [...]
  • UMA PROFUNDA APRECIAÇÃO

    Os seres humanos evoluíram para dar sentido ao ‘mundo’, observam transformações e as ressignificam com o passar do tempo. [...]
  • UM ISOLAMENTO SURREAL

    Quando comparados as outras espécies, os seres sociais possuem vantagens nos processos evolutivos por compartilharem recursos e [...]
  • UMA ESPÉCIE DE LASTRO

    Seres conscientes da subjetividade usam todos os sentidos e empoderam-se de percepções para responder aos estímulos. Nesta [...]
  • UM BOM EXEMPLO

    As pessoas comuns, tanto quanto os pesquisadores, vasculham de certa forma, os limites entre a normalidade e anormalidade. Ficam [...]
  • UMA BOA EXPECTATIVA

    Um vasto silêncio acompanha algumas questões fundamentais da existência, espera-se de as crianças serem agradáveis e [...]
  • UMA AÇÃO SISTÊMICA

    Riqueza das ideias e desafios impulsionam a existência da espécie humana, tem íntima ligação com a liberdade adquirida e [...]
  • UMA DOSE REGULAR

    A expressão ‘meio ambiente’, em tese, sugere a representação fixa da natureza, porém, tudo que se conhece no universo [...]
  • UM NINHO SEGURO

    O envelhecimento é um processo inato, no decorrer do tempo, mudanças hormonais, cognitivas e físicas ocorrem em todos os [...]
  • Quero…

                      Quero, um dia, poder dizer as pessoas que nada foi em vão. Que o [...]
  • Resistência…

                  A resistência da estrutura psíquica, em parte, está relacionada com a forma [...]
  • UM CICLO VIRTUOSO

    A vida cotidiana reserva diversas emoções negativas. Entre elas a raiva, ciúme, medo, vergonha ou arrependimento – visto [...]
  • Convite para viver

      Quando se fala da vida é como atravessar o oceano Atlântico, de ponta a ponta, num caiaque e nem saber [...]
Sobre marcelopelucio (312 artigos)
Possui habilidades comprovadas para encontrar talentos, montar, treinar e organizar equipes. Melhora o clima organizacional das empresas, escolas e organismos nos quais atua. Encontra o sucesso em diversas áreas da atividade humana e detém várias premiações. Sua vida acadêmica conta com quase três décadas de estudos, possui cinco títulos acadêmicos (graduações, especialização e aperfeiçoamento), centenas de cursos dentro e fora do Brasil e participa de Mestrado em Educação. http://www.marcelopelucio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: