Postagens Recentes:

Psicopatologia e o consumo de drogas psicoativas

Estudos internacionais mostram um nível de alta prevalência de doenças psíquicas nos usuários de drogas e é motivo para o surgimento de um transtorno psiquiátrico maior (DSM-IV)

Além de consequências negativas para os indivíduos que enfrentam um problema desses  principalmente, no Brasil, o fenômeno do uso de crack que associado a falta de estrutura e de cuidados cria um fenômeno ainda pior de ordem psíquica.

No estudo da psicopatologia, algo complexo ocorre atualmente: Existem os usuários de drogas que apresentam doenças psíquicas preexistentes e outros que a partir da toxicodependência apresentam transtornos psíquicos. Segundo pesquisas que realizei em sites europeus, cerca de 30 a 50% dos pacientes internados atualmente em psiquiatria naquele continente tem uma doença mental associada ao consumo e abuso de substâncias tóxicas, principalmente o álcool, sedativos ou maconha. O perfil dos pacientes com doenças psíquicas nos centros para dependentes de drogas é diferente, principalmente com diagnósticos de queda no consumo de heroína (principalmente Holanda), anfetaminas ou cocaína e um ou mais transtornos de personalidade, problemas de depressão e ansiedade, e, em menor grau, perturbações psicóticas. Estas distinções têm implicações para a escolha do melhor tratamento. Ambos os grupos muitas vezes precisam de intervenções psicológicas e farmacológicas combinada, mas de forma diferente, e durante um longo período.

A ocorrência de transtornos de personalidade e associado ao abuso de substâncias tem sido descrito apenas recentemente na população. Numa pesquisa americana que trata a questão epidemiológica em situações de álcool e afins, estabeleceu uma forte relação entre as doenças que tem distúrbios e mudança na personalidade, sempre associadas ao consumo de drogas, cerca de metade dos usuários de drogas sofrem de pelo menos um transtorno agudo de personalidade durante o período de consumo.

Algumas pesquisas recentes indicam que no estudo da psicopatologia que geralmente o prognóstico de problemas psiquiátricos é pior quando o uso de drogas inicia no inicio da puberdade e quando apresenta o uso contínuo e longo. Diversas Síndromes interagem e se sobrepõem, o que significa que a mesma pessoa pode apresentar vários distúrbios psíquicos e que ainda podem ser simultâneos e estão entre eles os distúrbios de personalidade, antissociais e transtornos de ansiedade.

Uma enorme área para pesquisas, trabalho e desenvolvimento, porque, ainda que existissem as drogas desde os mais remotos tempos, as doenças psíquicas surgem agora, antigas e novas causadas pela ingestão de substâncias nocivas ao organismo e principalmente ao sistema nervoso e o funcionamento do cérebro humano.

Sobre marcelopelucio (305 artigos)
Possui habilidades comprovadas para encontrar talentos, montar, treinar e organizar equipes. Melhora o clima organizacional das empresas, escolas e organismos nos quais atua. Encontra o sucesso em diversas áreas da atividade humana e detém várias premiações. Sua vida acadêmica conta com quase três décadas de estudos, possui cinco títulos acadêmicos (graduações, especialização e aperfeiçoamento), centenas de cursos dentro e fora do Brasil. http://www.marcelopelucio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: